Fale agora com nossos engenheiros!
55 17 3808.9797
55 17 3363.9291
55 17 99622-7078
CONTATO
contato@inforseenergia.com.br
VOCÊ ESTÁ EM: HOME >NOTÍCIAS>MORADOR DO DF PRODUZ ENERGIA EM CASA E VENDE PARTE à REDE PúBLICA

Morador do DF produz energia em casa e vende parte à rede pública

26/02/2014

Ainda pouco difundida, a proposta amplia os benefícios para quem usa alguma fonte geradora de energia em casa, como a solar, permitindo que o cliente tenha o controle do que produziu, não consumiu e forneceu à rede e, assim, tenha abatimento nas despesas.

A situação foi regulamentada pela Aneel em abril de 2012 e parte do pressuposto de que quem gera energia em casa compartilha o excedente com a rede pública. Os equipamentos instalados na casa do consumidor permitem medir a energia gerada pelas placas e a que ele entrega à rede de clientes da região. A diferença corresponde ao que ele usou.

Então, duas coisas são analisadas: primeiro, a soma entre o que foi fornecido pela companhia energética para a casa e o quanto o cliente usou da energia gerada na própria residência; segundo, a quantidade de energia excedente que ele entregou à rede. Caso ele consuma mais energia do que produziu, paga a diferença. Se a produção for maior do que o consumo, ele fica com crédito para as contas futuras.

O servidor público mora em uma casa de 430 m² no Jardim Botânico. São quatro suítes, para dois adultos e duas crianças. A adesão ao sistema custou R$ 16,5 mil e levou sete meses para ser concluída. No período, Tiusso precisou levar certificados internacionais e outros documentos comprovando a eficiência do projeto. A expectativa é de que o investimento tenha retorno em oito anos e de que a vida útil do sistema seja de 30 anos.

De acordo com Tiusso, a adesão dele ao novo sistema ocorreu por três motivos: financeiros, ambientais e de eficiência energética. "Nesses dias de intenso calor, momento em que a rede pública está mais saturada, fornecendo energia para todos aqueles que estão utilizando aparelhos de ar-condicionado, é exatamente o momento em que o sistema [instalado em casa] está gerando mais energia e a injetando na rede pública", afirmou.
 
Segundo a Companhia Energética de Brasília, a Embaixada da Itália também aderiu ao novo sistema. Além disso, um morador do Lago Sul apresentou proposta recentemente para instalar os equipamentos na casa dele.

Fonte: http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2014/02/morador-do-df-produz-energia-em-casa-e-devolve-parte-rede-publica.html
INFORSE ENERGIA

Rua Luis Figueiredo Filho 390 sala 36
CEP: 15.084-180
São José do Rio Preto - SP


55 17 3808.9797
55 17 3363.9291
55 17 99622-7078

E-mail: contato@inforseenergia.com.br

NEWSLETTER